História


 

O Clube Indaiá foi fundado em 12 de junho de 1967, numa reunião realizada na casa do saudoso Teodoro Capilé, sob a presidência do saudoso Lázaro Alves Ferreira e sob a secretaria do Sr. Antonio Franco da Rocha, na qual os presentes deliberaram a fundação e aprovaram o Estatuto Social.

Tinha razão o articulista do jornal "O MODELO" (print ao final desta matéria), edição do mês de dezembro de 1967, quando escreveu: "INDAIÁ – Marco do Progresso do Nosso Município". Expressão escrita há 51 anos, representa, hoje, uma verdade indiscutível. O Clube Indaiá cresceu e acompanhou o desenvolvimento de Dourados e de sua sociedade. Foram felizes, portanto, aqueles poucos que se reuniram, pela primeira vez, no Restaurante Figueira e ali se propuseram a fundar um clube que atendesse as necessidades de um povo, que nas horas de folga ou nos fins de semana, precisasse de um lugar para sua recreação, onde pudesse passar momentos de lazer e de entretenimento, recuperando as energias gastas no árduo trabalho produtivo do dia a dia.

Inicialmente 100 sócios, depois mais 100, totalizando 200 sócios fundadores, que acreditaram no empreendimento e na visão histórica daqueles que idealizaram e colocaram em prática o projeto de construir aquele que hoje é, inegavelmente, o maior e melhor clube do interior do Estado do Mato Grosso do Sul: o CLUBE INDAIÁ.

A luta foi árdua, com incompreensões de algumas pessoas, mas, pouco a pouco, com os pés no chão, e certos de que os objetivos seriam atingidos, aquele punhado de homens foi vencendo e ultrapassando a todos os obstáculos que surgiam. Muitos deles já partiram para o oriente eterno, outros se mudaram de Dourados, outros aqui continuam, dando ainda a sua colaboração e vendo o Clube crescer cada vez mais, em pé de igualdade com a nossa cidade.

Por tudo isso é que reconhecemos o trabalho meritório dos sócios fundadores e, principalmente, daqueles que doaram parte de seus patrimônios (Srs. Cesar Luchesi, Edward Peral Tapias, José Aparecido Ambrosio, Luiz da Fonseca Staut e Osvaldo Barbosa Borges) para que nele fosse edificado este majestoso Clube e também àqueles que nestes 51 anos dirigiram o Clube e o conduziram ao lugar de destaque que tem hoje na sociedade sul-mato-grossense.

Print do jornal O Modelo, edição de dezembro de 1967 Print do jornal O Modelo, edição de dezembro de 1967

Nossa logo (anteriores e atual)

Primeira logomarca do Indaiá Primeira logomarca do Indaiá

À esquerda, a primeira logomarca do Indaiá, que passou a existir desde a fundação do clube, em 1967. A descrição do desenho constou no parágrafo único do Art. 5º do Estatuto Social da época, com a seguinte descrição:

O distintivo é em formato de boia de marinheiro, com dois remos posteriores em forma de "X", composto por dois círculos concêntricos em amarelo; com quatro amarras de cinco cordas brancas, em cada quarta parte, preenchendo ambos os círculos, tendo a cor vermelha preenchendo o espaço existente entre eles. A cor branca preenche o interior do círculo menor, que contém, no centro, uma rede nas cores preta e amarela com a inscrição INDAIÁ, abaixo da qual o espaço é completado em azul, simbolizando um lago. Sobrepondo, consta a inscrição CLUBE INDAIÁ em letras maiúsculas. Sobpondo o desenho, consta a inscrição DOURADOS-MS, também em letras maiúsculas, mas de tipo menor que a da inscrição sobreposta.

Obs: Lamentamos não possuir a logo em cores mas deixamos com que o leitor construa em sua imaginação como seria se fosse colorida.


A logo do clube foi atualizada em junho/1997, por ocasião do aniversário de 30 anos do clube. Na época, foi feito um concurso com a participação de pessoas da sociedade. A vencedora do concurso foi Sandra Bertotto, que recebeu um prêmio de R$500,00. A descrição conceitual do tema sob a perspectiva da artista foi a seguinte: Por que a palmeira? Porque ligamos a imagem da palmeira a lazer, tranquilidade, sol, energia. E mais, a palmeira é também um tipo resistente a ventos e tempestades e permanece com seu porte esguio e belo durante anos, tornando-se referência, algo marcante. Daí a denotação, ou seria melhor dizer, a relação com a tradição do Clube Indaiá, que é um dos valores que se procura destacar nesta logomarca. Este desenho busca demonstrar também, o espírito de competitividade e esportivo. Como na palmeira as rajadas de vento movimentam suas folhas, estilizou-se o corpo humano em movimentos de prática esportiva e anexou-se o mesmo ao tronco da palmeira, evidenciando a elevação do espírito através da competição. Toda cor é um estímulo e para este caso, estudou-se duas cores: o verde, que traduz a sensação de liberdade e relaxamento e o azul que engloba toda a imagem e transmite tranquilidade e bem estar e é a cor do céu onde estamos. A menção de 30 anos da formação do clube, foi locada no plano inferior da logomarca enfatizando a idade do clube e ao mesmo tempo elevando e valorizando o símbolo do clube.

Segunda logo do Clube Indaiá. Segunda logo do Clube Indaiá.

A descrição da logo também constou no Art. 4º do Estatuto Social da época, com a seguinte descrição: O Pavilhão do Clube é composto de um retângulo em pano de cor branca, contendo a logomarca oficial centralizada. § 1º. - A logomarca oficial é descrita como um retângulo azul com o lado maior na vertical. Inscrita no retângulo, uma palmeira com a copa voltada para a direita, dando a idéia de vento soprando da esquerda para a direita. A copa da palmeira compõe-se de seis (06) folhas, havendo no espaço entre a primeira e a segunda folha, de cima para baixo, próximo às pontas, um círculo verde, simbolizando uma bola. O tronco da palmeira simboliza a estilização de um corpo humano. As folhas representam, também de forma estilizada, o movimento e a competição. A palmeira traduz a idéia de resistência a ventos e tempestades. O fundo azul simboliza tranqüilidade e bem estar, enquanto o verde traduz a idéia de lazer e de relaxamento. § 2º. - Como esta logomarca foi oficializada por ocasião do 30º aniversário do Clube Indaiá, figura a inscrição 30 Anos logo abaixo da palmeira. Essa inscrição poderá ser alterada de forma a retratar os anos de vida do Clube, preservando, contudo, a palavra Dourados.


Logo atual (estilo paisagem) Logo atual (estilo paisagem)
Logo atual (estilo retrato) Logo atual (estilo retrato)

Em 2016, a logo passou por uma nova reestilização, visando o reposicionamento da marca e implantando um novo slogan intitulado: UM NOVO CLUBE INDAIÁ PARA VOCÊ!

Na defesa para o reposicionamento da marca, constou o seguinte:

No diagnóstico do briefing percebeu várias situações que estavam comprometendo a utilizações do logo com por exemplo em algumas peças as quais foram aplicadas com utilização de dois logotipos distintos sendo assim confundindo a memorização da marca e por consequência perdendo o sentido de identificação. A ideia inicial sugere uma reestruturação do logo sem perder o conceito original; O tronco do coqueiro ficaria implícito dinamizando as folhas que remetem a liberdade, a brisa, a natureza rica e as diversas atividades que o clube oferece. A utilização de duas cores, da mesma família implica na harmonização e integração entre os sócios. Dinamizar o logo, de forma a facilitar a identificação e as aplicações nas peças publicitárias. Retirar a serifa da logotipia e o contorno, e eliminando o fundo para uma comunicação visual clean, atualizada e de fácil memorização visual Nomear o clube como CLUBE SOCIAL E ESPORTIVO seria outra opção para agregar valor e identidade com foco também ao esporte.

Lembramos que conforme dispõe o Art. 100 do Estatuto Social, o nome do Clube, dísticos, frases, flâmulas e outros direitos protegidos na forma da Lei, somente poderão ser utilizados em promoções mediante prévia autorização, aprovada em reunião da Diretoria Executiva".